Notícias

RETORNO DAS ATIVIDADES DA CONSTRUO EM LONDRINA

Londrina conseguiu criar um modelo altamente eficaz para o combate à epidemia de coronavírus, com um protocolo de medidas protetivas para evitar a contaminação nos locais de trabalho. A construção civil adotou todas as práticas sanitárias recomendadas e, desde o retorno às atividades, em meados de abril, vem cumprindo rigorosamente tais determinações para proteger os colaboradores e seus familiares.



O Sinduscon Paraná Norte, trabalhando em parceria com a prefeitura e os órgãos de saúde, reforça a importância da continuidade dessas medidas protetivas, hoje (04/05) novamente elencadas no decreto municipal n. 541/2020, que autoriza o funcionamento das atividades do setor produtivo em Londrina.



Como representante da indústria da construção, que emprega 10 mil trabalhadores na cidade, o Sinduscon ressalta as principais ações recomendadas pelo novo decreto e reitera que elas devem se tornar rotina no canteiro de obras:



- Termômetros físico na entrada;



- Higienização constante das áreas de uso comum e dos equipamentos de proteção individual, disponibilização de lavatório com água e sabonete líquido, álcool em gel 70%, toalhas de papel não reciclado e informativos com orientações de prevenção;



- Sistema de escalonamento para entrada e saída de trabalhadores; fornecimento de refeição individualizada, evitando filas e aglomerações e limitando a utilização simultânea de, no máximo 50% da capacidade total;



-Organização do trabalho de forma a garantir distância mínima de dois metros entre os trabalhadores;



- Higienização contínua e substituição diária dos banheiros químicos, ficando proibido a utilização de mictórios;



- Estabelecimento de horário de trabalho alternativo, evitando os horários de pico no sistema de transporte no Município.



A saúde e o trabalho são dois aspectos fundamentais na defesa da vida humana. Por isso, celebramos a decisão do prefeito Marcelo Belinati. Nossa cidade nasceu sob a égide do trabalho, e só por meio dele conseguirá vencer definitivamente esta crise.