Notícias

Projeto Construir, solução para pequenas empresas

Parceria entre Sinduscon Paraná Norte, Caixa e Sebrae oferece certificação e qualificação para pequenas construtoras; lançamento do projeto será no dia 14/03, às 9h, no Sinduscon. As inscrições acontecem no mesmo dia e as vagas são limitadas a 10 empresas



Uma das lições que as empresas têm aprendido com a crise é que sem uma gestão eficiente do negócio não há luz no fim do túnel. Superar as dificuldades econômicas, suportar a pesada carta tributária e ainda conseguir planejar os próximos passos é uma tarefa árdua. Ainda mais para o setor da construção civil, um dos que mais padeceram nos últimos anos. Com bons profissionais e consultorias externas, as grandes construtoras têm condições de superar as dificuldades, mas as de pequeno porte precisam “matar um leão por dia” para sobreviver.



Capacitar as pequenas empresas do setor, fornecendo as ferramentas para que se profissionalizem e se mantenham no mercado, é o objetivo do Sinduscon Paraná Norte e do Sebrae.  Por isso, as duas instituições se uniram para criar o Projeto Construir. A parceria (que inclui ainda a Caixa), vai oferecer custos reduzidos para a implantação do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQPH) e da Norma de Desempenho. A ideia inicial é reunir grupos de 10 empresas, que receberão treinamento em grupo e serão acompanhadas in loco pelo consultor, com todo o suporte e monitoramento individual. O programa tem a duração de 10 a 12 meses.



Ter a certificação do PBQPH sempre foi uma exigência do Ministério das Cidades para que a construtora esteja habilitada a receber recursos do Minha Casa, Minha Vida (MCMV), da Caixa Econômica Federal. A novidade é que em 2017 foi incorporada ao programa a NBR 15575, conhecida como Norma de Desempenho. Outra novidade é que a certificação agora passou a ser exigida até mesmo para quem constrói em pequenas quantidades com o objetivo de revenda e precisa do financiamento. Em suma, sem a certificação, não há como as pequenas construtoras expandirem os negócios.



O Sebraetec oferece subsídio de 70% para as empresas na implantação do programa, mas a parceria com o Sinduscon e a Caixa pode reduzir ainda mais esse custo. E o benefício do Projeto Construir vai além. O treinamento em grupo proporciona troca de experiências, de tecnologia e de conhecimento a que as pequenas empresas dificilmente teriam acesso. Ao final, a construtora não terá recebido apenas a certificação, mas terá elevado o seu patamar nos aspectos gerencial e operacional.



O PBQPH é um sistema de gestão onde as empresas têm a oportunidade de implementar ferramentas que otimizam todo modelo de gestão para terem um produto melhor, com melhor resultado e que melhor atenda o cliente. Já a Norma de Desempenho traz parâmetros factíveis para o controle de qualidade. O Projeto Construir é uma oportunidade para que as pequenas empresas tenham acesso a esses dois pacotes de uma forma customizada, mais simplificada e direcionada ao tamanho do negócio.



O Projeto Construir também é voltado para as pequenas empresas já certificadas ou fazendo a manutenção da certificação, pois a partir de agora vão ter que se enquadrar nas Normas de Desempenho, que serão desmistificadas e apresentadas de forma prática. Importante observar que sistema de qualidade envolve toda a empresa, não apenas o proprietário, pois o problema não é só dele, mas de toda a equipe; com a participação de todos surgem as soluções que até então ninguém enxergava. E se esse benefício se estender para todas as empresas, os resultados aparecem também na cidade, que então pode crescer e atrair mais recursos, fazendo a roda da economia girar.