Notícias

Confira os novos pisos salariais da categoria

A negociação salarial foi fechada no dia 31 de agosto, na sede do Sinduscon Paraná Norte, onde se reuniram representantes da Fetraconspar e dos Sintracoms de Arapongas, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Jataizinho, Ibiporã e Londrina.



Pelo acordo, a partir de 1 de junho de 2018, os pisos salariais das categorias descritas abaixo passam a ser os seguintes:



Servente – R$ 5,22/h



½ Oficial – R$ 5,76/h



Oficial – R$ 7,97/h



Contra mestre – R$ 10,42/h



Mestre de obras – R$ 13,18/h



Também a partir de 1 de junho de 2018 o vale compras passa a ser de R$ 553,00 por mês. Para os salários acima do piso, o reajuste acordado é de 2,30% a partir de 1 de junho de 2018, aplicados sobre os salários de maio/2018. Eventuais diferenças salariais e do vale compras, referentes aos meses de junho, julho e agosto de 2018 serão pagas ao empregado juntamente com os salários de setembro/2018, ou seja, até o quinto dia útil de outubro/2018.



Faculta-se a substituição do café da manhã por vale-refeição no valor de R$ 4,00 por dia trabalhado. Os empregadores farão, em favor dos seus empregados, independentemente da forma de contratação, um seguro de vida e acidentes pessoais em grupo, observadas as seguintes coberturas mínimas, a partir de 1 de junho de 2018:



- R$ 29.800,00 em caso de morte do empregado por qualquer causa, independentemente do local ocorrido.



- Até R$ 29.800,00 em caso de invalidez permanente (total ou parcial) do empregado, causada por acidente, independentemente do local ocorrido, atestado médico devidamente qualificado, discriminando detalhadamente, no laudo médico, as sequelas definitivas, mencionando o grau ou percentagem, respectivamente, da invalidez deixada pelo acidente.



- R$ 14.900,00 em caso de morte do cônjuge do empregado, por qualquer causa;



- Ocorrendo a morte do empregado (a) por qualquer causa, independentemente do local ocorrido, os beneficiários do seguro deverão receber 50 quilos de alimentos;



- Ocorrendo a morte do empregado (a) por exercício de sua profissão, a apólice de seguro de vida em grupo deverá contemplar uma cobertura para os gastos com a realização do sepultamento do mesmo no valor de até R$ 5.260,00.



- Ocorrendo nascimento de filho (s) da funcionária (cobre somente titular do sexo feminino) a mesma receberá, a título de doação, duas cestas-natalidade, caracterizadas como um kit mãe e um kit bebê, com conteúdos específicos para atender as primeiras necessidades básicas da beneficiária e de seu bebê, desde que o comunicado seja formalizado pela empresa até 30 dias após o parto da funcionária contemplada.



- Ocorrendo a morte do empregado (a) por qualquer causa, a empresa ou empregador receberá uma indenização de até 10% do capital básico vigente, a título de reembolso das despesas efetivadas para o acerto rescisório trabalhista, devidamente comprovadas.