Notícias

Cidades sustentáveis é tema de edital

Estão abertas as inscrições da chamada do Edital de Inovação para Indústria que irá selecionar até dez projetos com o tema cidades sustentáveis no valor total de até R$ 1,5 milhão. Podem se inscrever startups que apresentarem propostas de monitoramento e licenciamento ambiental, urbanismo integrado, saneamento ambiental, construções sustentáveis, energias renováveis e mobilidade urbana. Os interessados têm até 12 de agosto para se cadastrarem na plataforma do Edital.

 

A chamada é resultado da parceria entre a Construtora CIVIL e a Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis), e o Senai Cimatec. Cada projeto receberá o valor máximo de R$ 150 mil para realização de provas de conceito, em até 12 meses, na rede de Institutos Senai de Inovação. São consideradas startups empresas de micro ou pequeno porte (MPE) que possuem CNPJ ativo.

 

Todas as informações sobre o Edital, como critérios para participação e regulamento completo, podem ser consultados no site: www.editaldeinovacao.com.br.

 

O Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa do Senai, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (Sesi). Nesta edição, serão investidos R$ 55 milhões, em cinco categorias, para financiar o desenvolvimento de soluções inovadoras para a indústria brasileira, sejam novos produtos, processos ou serviços de caráter inovador, incremental ou radical. A chamada Cidade Sustentável faz parte da categoria Empreendedorismo Industrial - Inovação na Cadeia de Valor, que busca estimular a conexão entre grandes indústrias e startups, micro e pequenas empresas.

 

A seleção dos projetos pelo Edital de Inovação para a Indústria é feita com base em critérios como potencial de inovação e de comercialização do produto ou do processo. Além do fomento, as instituições oferecem apoio na forma de infraestrutura para desenvolver as propostas selecionadas por meio dos Institutos Senai de Inovação e dos Institutos Senai de Tecnologia

 

(CBIC com informações da CNI)