Notícias

CBIC lança importantes publicações para o setor

Foram lançadas durante o 89 Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), duas publicações de extrema relevância para o setor da construção civil: a versão atualizada do Catálogo de "Normas Técnicas: Edificações", e o guia "Esquadrias para Edificações: desempenho e aplicações".



É a sexta edição das Normas Técnicas, resultado de uma parceria entre o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT).



Referencial indispensável para empresas do setor, o Catálogo cumpre exemplarmente a função de instrumento de informação técnica e de segurança jurídica para as construtoras. Nesta edição, a publicação passou a incorporar as normas de Gestão Ambiental e Gerenciamento de Resíduos.



Outra novidade é que, ao acessar o documento via internet, basta clicar na norma desejada para abrir um link – para a página da Associação Brasileira e Normas Técnicas (ABNT). – com a versão mais atualizada da regra selecionada.



“Trata-se de um guia prático, para facilitar o uso das normas técnicas visando assegurar a conformidade de todo o setor, reduzindo fragilidades técnicas nas futuras edificações e garantindo qualidade e segurança aos empreendimentos”, afirmou o presidente da COMAT, Dionyzio Klavdianos.



Ao todo, são 1.047 normas listadas. Esse conteúdo está dividido por temas: viabilidade, contratação e gestão; desempenho, projetos e especificação de materiais e sistemas construtivos; execução de serviços; controle tecnológico; manutenção; qualificação de pessoas; e resíduos da construção civil.



Desse total de normas, 351 estão em vigor há mais de dez anos e, portanto, “estão em tempo de talvez serem revisadas”, disse o líder do Grupo de Trabalho de Acompanhamento de Normas Técnicas da COMAT e idealizador da publicação, Roberto Matozinhos. Como apenas 6% das normas tratam da execução de serviços, ele defendeu o aumento dessa fatia.



Para o presidente da CBIC, José Carlos Martins, o Catálogo “facilita o trabalho de construtoras e incorporadoras, estimulando a boa engenharia que marca a construção civil brasileira”.



O presidente do Sinduscon-MG, André de Sousa Lima Campos, ressalta que a “publicação expressa o empenho das entidades do setor da construção civil em orientar e facilitar o atendimento às normas técnicas”.



Para baixar o catálogo de Normas Técnicas, clique aqui.



Também iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com o SENAI Nacional, foi lançada a publicação “Esquadrias para Edificações – Desempenho e aplicações”, cujo objetivo é sanar todas as dúvidas em relação a janelas e portas, por exemplo.



“A norma de esquadrias é nova e complexa. Fizemos um manual de como especificar uma esquadria. Juntamos as informações de diversas entidades e isso passou pelo crivo de quem efetivamente usa, como Secovi [Sindicato da Habitação] e Sinduscon [Sindicato da Indústria da Construção Civil]”, disse a coordenadora do Grupo de Trabalho da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da CBIC e coordenadora da Comissão de Estudos da ABNT –CEE 191 – Esquadrias para Edificação, Fabíola Rago Beltrame. 



“O maior questionamento era se a norma se aplicava a todas as esquadrias principalmente àquelas fabricadas especialmente para uma determinada obra ou na própria obra. E a resposta é sim!”, frisou. 



Um dos capítulos da publicação trata de manutenção, trazendo informações sobre durabilidade dos materiais e procedimentos de manutenção e limpeza para esquadrias de aço, alumínio, PVC, etc. Na manual, há um check list que, segundo Fabíola, deve ser preenchido assim que o produto é adquirido e refazê-lo a cada cinco anos.



Com mais de 170 páginas, o material, produzido em apenas seis meses, foi distribuído aos presentes no painel Desdobramentos da Norma de Desempenho do 89ª Encontro Nacional da Indústria da Construção Civil (ENIC). “O que a gente quer é que vocês usem e tentem tirar qualquer dúvida de esquadrias aqui”, afirmou Fabíola.



Também participou do painel o diretor técnico da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Eugenio Guilherme Tolstoy. Segundo ele, algumas normas do setor de construção civil devem ser revisadas ou criadas em breve. São elas: estruturas de bambu, perícias na construção civil, alvenarias estruturais, execução de estruturas de concreto, placas de cerâmica e saídas de emergência.



O coordenador do Projeto Rede Sibratec (Sistema Brasileiro de Tecnologia) de desempenho habitacional (RDSH), Luiz Carlos Pinto Silva Filho, e a coordenadora geral do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H), Salette Weber, também apresentaram as novidades sobre Norma de Desempenho no evento.



Para  baixar o guia Esquadrias para Edificações: desempenho e aplicações, clique aqui.



 



Fonte: CBIC