Notícias

"A Reforma não é um capricho do governo"

“A reforma da Previdência não é um capricho desse governo. Sem ela, o modelo que imaginamos não se sustenta”, afirmou o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, durante a primeira reunião do Conselho Administrativo da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em 2018. “Se não precisássemos da reforma, não estaríamos mexendo em uma questão tão polêmica às vésperas das eleições. Se estamos envolvidos nisso, de corpo e de alma, é porque temos a mais absoluta consciência de que a reforma é necessária. Sim, por patriotismo”, completou. No entanto, o ministro alertou que ainda não há votos suficientes para a aprovação da pauta no Congresso.

 

Assim como Marun, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, reforçou a importância do trabalho individual, por parte das lideranças da construção civil e do mercado imobiliário, na mobilização parlamentar em favor da reforma. Martins expressou sua confiança na palavra do presidente da República, Michel Temer, de que este levará o tema para votação ainda em fevereiro – sendo sustentado por declaração afim do ministro –, relembrando a urgência da sensibilização.

 

Em relação aos riscos da não aprovação da reforma, o ministro advertiu que o Brasil continua em uma grave crise fiscal, embora as expectativas estejam melhorando. Entretanto, ele ressaltou que o cenário pode mudar: “Corremos o risco de que, ainda este ano, se reverta essa trajetória ascendente que está desenhada para nossa economia em função da expectativa positiva que se criou com a aprovação da reforma”. Marun disse ainda que existe uma grande quantidade de capital (internacional e nacional) represado que pode ser liberado após o sinal positivo do governo. “Nossa previsão é de até um ano de euforia econômica”, finalizou.

 

O presidente da CBIC aproveitou para pedir o apoio dos associados na defesa da reforma valendo-se dos argumentos e vídeos produzidos pela entidade para divulgação nas mídias sociais.

 

A reunião do Conselho aconteceu nesta quarta-feira (07/02), em Brasília, e reuniu lideranças empresariais e representantes de entidades do setor de todas as regiões do País. O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) foi o anfitrião do encontro.



Fonte: CBIC